Pular para o conteúdo principal

Algia



Eu deixei de me importar

com a forma que meu corpo

tem,
 

`Por motivos óbvios demais e além....

se é listrado,

de cores variadas,

torto de um lado,

se as coxas se batem ,

se tá calor ou esfriou .

tanto faz.

O frio da minha alma

congelou.



da onde vem tanta dor pulsante,

fico eu pensando por poucos instantes,


eu sonho em ser indolor,

sabe flutuar igual eu flutuo sobre os sentimentos,

aonde foram parar eles?


não consigo sentir, emoção alguma




porque dói aqui, dói acolá


aonde será que minha paz foi ficar?


Já não chega tanta exclusão do ser ,do querer

do não ter em que se apoiar,

andar no sereno nua com frio,


chorar rios e rios

Aceitação pressão da estética ,



mas, eu não sinto se corpo tenho

nem agora

eu tenho ponto doloridos batendo ao pé do ouvido,

dizendo sinta e sinta,

que lá vem a dor critica,

tortura psicológica sucinta,


milhões de duvidas,

eu quero anestesia no dia dia.


mas é tudo culpa,

culpa minha erro meu,

mesmo quando não se sabe o porque ,

da resposta do eu

te cobram resposta correta que atinja aquela meta,

que nunca seja descoberta,

que tenha alimentação correta

que use as linhas certas.



mas eu só sinto dor física,

horror de não ter descanso,

mas, continuam se preocupando com a minha saúde

porque formas redondas são cheias de respostas prontas


a foice esta no pescoço.



eu aqui dentro grito por socorro.

Postagens mais visitadas deste blog

As pessoas só vem o lado delas.

Não costumo escrever coisas recentes do meu cotidiano,mas a claridade da minha visão está tão clara que acho que estou ficando maluca,eu era o tipo de pessoa que agradava quem estava perto mas agradava demais,em terapia meio que descobri que agi assim para as pessoas ao meu redor me aceitarem gorda como sou e pararem de me encher mais do que já sou,porque não suporto criticas eu ainda não consegui trabalhar isso muito bem melhorou muito mas ainda tenho que respirar um pouco antes de ficar emburrada como quando tinha 4 anos de idade, as vezes eu entendo qualquer coisa que um ser humano possa vir a fazer tudo mesmo, mas uma coisa que abandonei foi tentar agradar, e mais e não me esforço muito vai ter que gostar com todos meu defeitos, mas a noticia boa é que também não estou esperando que pessoas próximas façam o que eu não faço por elas, só estou prestando mais atenção no que elas fazem quando eu não respondo as expectativas alheias, na boa quando digo não não quer dizer que não gosto…

Pai nosso dos gordinhos.

Pai nosso que estais no algodão doce do céu.
Santificado seja quem inventou o açucar e o chocolate.
Venha a nós tudo que nos agrade o paladar .
Seja feita a vossa vontade assim como é na terra e comer no céu.
O pãozinho de cada dia nos daí hoje.
Perdoai nossas ofensas ao nosso organismo e não nos deixei ter diabetes azia e hipertensão e nos livrai de todos que nos reparam. Amém













Suzana Neves

Pare.

Tem um sino aqui,
Que toca ,faz barulho ,
sem que a gente peça.

Essas marcas ,que não se apagam,
Essas culpas que carregamos que não são nossas.

Quando vai começar a dar certo de verdade.….

Aonde estou indo com tanta idade?

Eu quero sentir.

Mas chorei,sentei na beirada do meio fio,
Fiquei vendo sangue escorrer.

Meu peito,
Petrificado em mau estado,
Não derreterá.

Tem travas ligadas,
Na potência máxima.

Exemplos,figurinhas repetidas,
Que se repete em valores,
Eu conheço essa cena!
Contudo não posso ajudar,
nem me importar.

Não quero procurar problema,
Sua miopia tem causa.

Mas tem o querer ,
De que todos fugimos.


Causando dores,
Me obedeça,
Porem me esqueça.

Tem trabalho demais na forma correta.
A porta está aberta.