Pular para o conteúdo principal

Algia



Eu deixei de me importar

com a forma que meu corpo

tem,
 

`Por motivos óbvios demais e além....

se é listrado,

de cores variadas,

torto de um lado,

se as coxas se batem ,

se tá calor ou esfriou .

tanto faz.

O frio da minha alma

congelou.



da onde vem tanta dor pulsante,

fico eu pensando por poucos instantes,


eu sonho em ser indolor,

sabe flutuar igual eu flutuo sobre os sentimentos,

aonde foram parar eles?


não consigo sentir, emoção alguma




porque dói aqui, dói acolá


aonde será que minha paz foi ficar?


Já não chega tanta exclusão do ser ,do querer

do não ter em que se apoiar,

andar no sereno nua com frio,


chorar rios e rios

Aceitação pressão da estética ,



mas, eu não sinto se corpo tenho

nem agora

eu tenho ponto doloridos batendo ao pé do ouvido,

dizendo sinta e sinta,

que lá vem a dor critica,

tortura psicológica sucinta,


milhões de duvidas,

eu quero anestesia no dia dia.


mas é tudo culpa,

culpa minha erro meu,

mesmo quando não se sabe o porque ,

da resposta do eu

te cobram resposta correta que atinja aquela meta,

que nunca seja descoberta,

que tenha alimentação correta

que use as linhas certas.



mas eu só sinto dor física,

horror de não ter descanso,

mas, continuam se preocupando com a minha saúde

porque formas redondas são cheias de respostas prontas


a foice esta no pescoço.



eu aqui dentro grito por socorro.

Postagens mais visitadas deste blog

Passo a vez.

Faço Apocalipse em copo de água,
Futilidades importantes,
Poeira nas estantes,
Se discuti por tudo,
Eu continuo mudo,
Minhas ideias não cabem,
No teu molde,
Chinfrim
Nem assim me toma,
Nem me desfaz do avesso,
Que em versos,
Leio, escrevo,
De tudo te obedeço,
Quero ver a cama amassada,
Suas vidas passadas,
Se a sorte encara a empreitada.
Mas falta rebeldia no mundo,
Gente que não tem medo,
Da morte,da sorte,do transporte,
Em pratos rasos pouco se come,
Em almas rasas muito se consome.

A Ashley emagreceu e daí? plus size não me representa mesmo.

Emagrecimento é quase um sentimento,sentimento maldito por assim dizer.

Meu maior problema de vida até aqui é o seguinte eu não aceito que meu excesso de peso seja o que esteja me fazendo mal.

E não importa o que a OMS pensa nem o que você adquiriu de consistente até aqui eu realmente me recuso a acreditar nessa sociedade que vivemos,porque as verdades não são consistentes é sempre para favorecer algum setor de comercio .

E eu não quero ser um produto não mesmo já não chega o que carrego.

Pode escrever mil vezes coma de forma saudável,senhor eu tenho tanto distúrbio alimentar que inteligente seria criar algum método de fotossíntese tipo agora eu sou planta sol me nutra,mas perai o que é essa pintinha aqui..... tudo em excesso faz mal não tem jeito comida orgânica é cara o resto tem tanto agrotóxico se penso que será que alguém acha que o ser humano tem DNA de lagarta .

Minha psicologa sempre bateu nessa tecla se tu não quer porque tu se irrita,cacete eu não gosto de receber ordens pra…

Escuro raso

Buraco,
Buraquinho,
Buracão,
Solta essa pá menina,
Tudo bem sem pressão,
Humano boboca cheio de buraquinhos para tapar,
Vamos lá,
Pegue logo a pá,
Não sei lidar com o que eu sinto,
Então terra jogarei,
É tão divertido esconder ele desse jeitinho,
Mas terra pesa mais que ar,
Humano boboca vai ficando pesadinho,
Mais um punhado e não mais vou agüentar,
Mas aí choveu,
Todos aqueles buraquinhos se tornaram um só
 Na erosão da emoção contida,
Mas a pá é minha,
Eu sou  também,
Porque será que o cérebro canta,
Não é não não não,
As vezes me nego no espelho,
Mesmo me vendo tão nítido,
Talvez vou plantar flor no buraquinho,
E me deixar florecer acontecer de verdade,
E não mais tapar buraquinho.